saladeestar_assunção-banner-desktop.png

SALÃO PRINCIPAL

gravação dos encontros

NA ESTANTE

nesse instante

NA COPA

para deliciar

AO PÉ DO OUVIDO

para escutar

NA TELA

para ver

PARTICIPANTES

conectando

CALENDÁRIO

linha do tempo

referências e provocações do encontro

encontro #00 | 06/10

salão principal

gravação do encontro

assunção | gravação encontro #00 | 06/10/2020

na tela

um vídeo para ver com o coração

Ana Thomaz e o reencontro com a potência

na tela

um vídeo para ver com o coração

Como a cultura nos faz-nos sentir perdidos - Dr. Gabor Maté

ao pé do ouvido

música para escutar

Caminho das águas

Giulia Drummond

ao pé do ouvido

sugestão de podcast

na copa

drink para deliciar

Pinacolada Shake

 

1 xic. de abacaxi docinho

1 copo leite de coco

raspas de limão

coco ralado pra finalizar

Autoescuta como ativismo, com Ju Royo

Transborda, com Carol Bergier

"Passamos batido por nossas emoções, sensações e incômodos. Como resultado, vivemos vidas normóticas, seguindo um script que não com frequência não faz sentido para nossa própria natureza. Parar para se escutar é, então, um ato de desdoma, uma escolha primordial na construção de uma vida viva, com sentido e respeitosa da natureza interna e externa. Esse papo com Ju Royo foi uma das aulas bônus do Transborda."

na estante

um trecho de instante

O avô me ensinou isto que, agora, meu entendimento alcança melhor: sou plural; há em mim uma multidão. A liberdade consiste em escolher um entre tantos. Não posso ser todos. Posso ser eu e, por vezes, o que posso ser é um outro; um outro que não corresponde ao meu verdadeiro eu, que me rouba de mim mesmo, como se mascarasse a minha alma e me fizesse acreditar que a fantasia é real. Quando acossado por esse estranhamento não me sinto feliz. A felicidade consiste em driblar o que há de farsa na projeção da mente, viver o eu que mais corresponde a meus propósitos e intenções e saber desdobrar esse eu como quem abre uma cebola até que aflore seu âmago."

Aldeia do Silêncio, Frei Betto

na estante

sugestão de texto

Resumo de Ame a Realidade, de Byron Katie, com questões reflexivas e exercícios práticos "O único momento em que nós sofremos é quando acreditamos em um pensamento que briga com o que é. Quando a mente está perfeitamente clara, o que nós queremos é o que é." "Quando discutimos com a realidade, nós perdemos — mas só 100% do tempo."

img-footer.png

Fotografias: Yulli Nakamura e João Pedro Orban

Experiência digital: Julia Estrela Maia