Como o amor se manifesta através de você?



O fim de semana de transbordamentos no Rio foi mágico, potente, revelador, verdadeiro, poderoso. Foi tanto que preciso me recolher um pouco, o corpo está moído. Liberei muita adrenalina, serotonina, ocitocina, tudo que é "ina" foi liberado. ⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ O que mais liberei foi Carolina. Foram 33 pessoas recebendo, ao longo de sexta-feira, sábado e domingo, o que de mais sagrado tenho para oferecer: amor. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Sabe, por um tempo não reconhecia o quão amorosa eu era, por ser mais pragmática, orientada à ação, com uma capacidade inata de olhar para o que de sombrio está se movendo. E aí, ontem, recebi depoimentos de transbordantes como esse: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ "Carol, você se doa por inteiro. Mergulha todo o seu Ser na intenção de cada pessoa presente possa dar saltos altos, mágicos e conectados com a nossa essência. É lindo ver a sua entrega. E o Transborda entrega tudo o que você diz: confiança, magia, amor, inteireza e vontade imensa de ser feliz plenamente." ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Chorei lendo isso. É recente reconhecer a forma de amor que se move através de mim. Não é aquele amor mais suave, gostosinho, fofolete, colinho de mãe (que adoro receber!). É um amor firme, profundo, cheio de presença e limite. É um amor que orienta, que traz verdade. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ E ver isso em mim está me ajudando a ver como cada um de nós tem uma maneira única de ofertar amor. É necessário trilhar um caminho de auto-honestidade para tirar as camadas de falso amor, que querem se doar para receber, em vez de se doar para se pôr em movimento evolutivo, por si e pelo todo. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ É desse amor verdadeiro em movimento que vai surgindo um trabalho com propósito, que nos alimenta genuinamente. Alimenta nosso ser mais profundo, não nosso ego. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Como é você sendo amor genuíno em movimento? ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ✨TRANSBORDA: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ BH: 3,4 e 5 de maio >> bit.ly/bhtransborda / transbordabh@gmail.com ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ PORTUGAL: 1 e 2 de junho >>transbordaportugal@gmail.com 15% DE DESCONTO até 23/4.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Quem sou eu profissionalmente agora?

Quatro meses de um arrombo psíquico, com um pacotinho sorridente e demandante no colo. Com o sono pouco e picotado, o corpo com limites irreconhecíveis sendo sugado. Eu estaria voltando ao trabalho

uma forma de vida que cuide das mães

Não era pra ser assim. Não era pra estarmos tão cansadas. Não era pra estarmos à mercê financeira. Não era pra duvidarmos de nosso valor por estarmos sendo “só” mães. Não era pra estarmos em

Quem sou depois disso?

Por essa fenda, jorrei sangue vivo por 20 anos antes de jorrar ser humano. O mistério ia se revelando suavemente a cada lua, junto com o plantio vermelho das histórias do último ciclo. Quando, junto c