Ampliando sua capacidade de sonhar



Uma grande barreira a criação de uma vida e um trabalho com propósito é o desafio que muitas pessoas têm em SONHAR. 


Batendo papo com os amados Nathalia Lima Verde e Surian dos Santos, que também habitam realidades utópicas em suas próprias vidas, chegamos a coisas que nos apoiam a ampliar nossa “capacidade sonhativa”:

1. ter clareza sobre qual é o sonho. Para isso, me ajuda entrar em contato com quais valores são mais importantes pra mim nesse momento. Quando Nat, Suri, Gui e eu sonhamos o lugar onde hoje moramos, conversamos muito sobre o que gostaríamos que esse lugar nutrisse em nossas vidas. Desenhamos e escrevemos exatamente o que sonhávamos. E não é que encontramos exatamente o que queríamos?


2. ler, ouvir e ver pessoas que me inspiram e me mostram que é possível ir além em valores importantes para mim: conexão com a natureza, saúde, serviço, conhecimento, coerência, organização, disciplina, prazer de viver, prosperidade. Ampliar minhas referências amplia meus limites.


3. ter novas experiências estéticas estende nossa capacidade de vislumbrar possibilidades. Ver o que normalmente não vejo amplia cenários, movimenta algo dentro de mim. Novas paisagens, cores, formas, corpos ampliam minha “capacidade sonhativa”.

4. estar perto de pessoas que se esticam em direção a sua própria evolução. Pessoas comprometidas com aprimorar a si mesmas, a ofertar seus presentes para o mundo, com a coragem de viver vidas autênticas. Elas me mostram que são infinitas as possibilidades de vidas.

5. ter experiência com o compromisso real. Como costumo dizer, é necessário maturidade para sustentar nossos sonhos. No fundo, sabemos que precisamos colocar energia para manifestá-los e honrá-los quando se tornam reais. Acreditamos pouco em nós mesmos se não temos experiência em nos comprometermos de corpo e alma com algo. Algo em nós diz que não seremos capazes. Nesse caso, meu convite é pra você se comprometer de verdade com o que já é real e significativo em sua vida e ir fortalecendo dia-a-dia o músculo do compromisso.

Me conta: qual sonho tem te habitado?

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Quem sou eu profissionalmente agora?

Quatro meses de um arrombo psíquico, com um pacotinho sorridente e demandante no colo. Com o sono pouco e picotado, o corpo com limites irreconhecíveis sendo sugado. Eu estaria voltando ao trabalho

uma forma de vida que cuide das mães

Não era pra ser assim. Não era pra estarmos tão cansadas. Não era pra estarmos à mercê financeira. Não era pra duvidarmos de nosso valor por estarmos sendo “só” mães. Não era pra estarmos em

Quem sou depois disso?

Por essa fenda, jorrei sangue vivo por 20 anos antes de jorrar ser humano. O mistério ia se revelando suavemente a cada lua, junto com o plantio vermelho das histórias do último ciclo. Quando, junto c