Ampliando sua capacidade de sonhar



Uma grande barreira a criação de uma vida e um trabalho com propósito é o desafio que muitas pessoas têm em SONHAR. 


Batendo papo com os amados Nathalia Lima Verde e Surian dos Santos, que também habitam realidades utópicas em suas próprias vidas, chegamos a coisas que nos apoiam a ampliar nossa “capacidade sonhativa”:

1. ter clareza sobre qual é o sonho. Para isso, me ajuda entrar em contato com quais valores são mais importantes pra mim nesse momento. Quando Nat, Suri, Gui e eu sonhamos o lugar onde hoje moramos, conversamos muito sobre o que gostaríamos que esse lugar nutrisse em nossas vidas. Desenhamos e escrevemos exatamente o que sonhávamos. E não é que encontramos exatamente o que queríamos?


2. ler, ouvir e ver pessoas que me inspiram e me mostram que é possível ir além em valores importantes para mim: conexão com a natureza, saúde, serviço, conhecimento, coerência, organização, disciplina, prazer de viver, prosperidade. Ampliar minhas referências amplia meus limites.


3. ter novas experiências estéticas estende nossa capacidade de vislumbrar possibilidades. Ver o que normalmente não vejo amplia cenários, movimenta algo dentro de mim. Novas paisagens, cores, formas, corpos ampliam minha “capacidade sonhativa”.

4. estar perto de pessoas que se esticam em direção a sua própria evolução. Pessoas comprometidas com aprimorar a si mesmas, a ofertar seus presentes para o mundo, com a coragem de viver vidas autênticas. Elas me mostram que são infinitas as possibilidades de vidas.

5. ter experiência com o compromisso real. Como costumo dizer, é necessário maturidade para sustentar nossos sonhos. No fundo, sabemos que precisamos colocar energia para manifestá-los e honrá-los quando se tornam reais. Acreditamos pouco em nós mesmos se não temos experiência em nos comprometermos de corpo e alma com algo. Algo em nós diz que não seremos capazes. Nesse caso, meu convite é pra você se comprometer de verdade com o que já é real e significativo em sua vida e ir fortalecendo dia-a-dia o músculo do compromisso.

Me conta: qual sonho tem te habitado?

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tenho precisado perseverar para seguir criando depois de parir. Minha mente diz: já tá bom. “Já é grandioso o suficiente, pode parar, tá maneiro. Você não vai dar conta de sustentar atenção pra a cria

Quase 11 meses de filha no mundo e eu começo a voltar ao trabalho. Foram períodos de profundezas e eu, amiga delas, aprendi a não me apressar pra saber pra onde ir, mesmo cheia de desejo de só ir. O m

A tal da maternidade real. Escancarada assim, com leite vazado, cabelo vomitado, dente não escovado. E ainda assim, (às vezes,) sorriso de olheira a olheira. Pra quê escancarar a realidade assim, tão