Desfoca da meta


DESFOCA DA META, que não é sobre ela.

Me parece ser muito mais sobre o processo de auto-criação que se dá enquanto a seta se aproxima do alvo (Paulinho Moska <3)

Em processo de desintoxicação do excesso de sede por realização, posso te dizer que cumprir metas não tem valor em si. Depois de uma vem a outra, e a outra e a outra.

No paradigma do sucesso, dar check em suas metas é sinônimo de estar criando uma boa vida pra si. Mas do que vale cumpri-las todas com o coração vazio?

Quanta coisa perdemos pulando de uma meta pra outra! Me desconecto do passarinho que piou, da lavanda que floriu, da lágrima que tentou cair, o sorriso que estampou, a incerteza que chegou. Atropelo minha própria humanidade e a do outro. Pois nos tornamos todxs engrenagens para chegar lá.

Ao mesmo tempo, não é sobre abandonar seus objetivos. E sim sobre enxergá-los como preciosas ferramentas de auto-observação e auto-criação.

Como nos relacionamos com eles fala muito sobre nosso processo interno.

Estou entendendo que é sobre ir me preenchendo de mim mesma enquanto me aproximo, ou não, do que havia definido para mim. É sobre aprender sobre mim e sobre a vida.

No paradigma da auto-criação, cumprir metas não é sobre construir impérios, é sobre desconstruir as visões cristalizadas de si e do mundo. É sobre quem você está se tornando e que mundo está construindo enquanto cumpre - ou não - suas metas.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Quem sou eu profissionalmente agora?

Quatro meses de um arrombo psíquico, com um pacotinho sorridente e demandante no colo. Com o sono pouco e picotado, o corpo com limites irreconhecíveis sendo sugado. Eu estaria voltando ao trabalho

uma forma de vida que cuide das mães

Não era pra ser assim. Não era pra estarmos tão cansadas. Não era pra estarmos à mercê financeira. Não era pra duvidarmos de nosso valor por estarmos sendo “só” mães. Não era pra estarmos em

Quem sou depois disso?

Por essa fenda, jorrei sangue vivo por 20 anos antes de jorrar ser humano. O mistério ia se revelando suavemente a cada lua, junto com o plantio vermelho das histórias do último ciclo. Quando, junto c