Saia do ideal, caia na real!



Nosso ideal de como a vida ou o trabalho devem ser nos paralisa. Muitas vezes, criamos conscientemente um ideal impossível para justificar nossa não ação. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀


Sonhamos em empreender aquela empresa que impacta milhares de pessoas, uma vida no campo em uma casa dos sonhos comendo só a comida que nós mesmos plantamos, um casamento perfeito, o corpo da capa da revista. ⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀


No fundo, você sabe que isso não é possível. Até porque você não está realmente disponível pra pagar o preço desse compromisso. Quer empreender e se arrepia com a ideia de abrir mão do salário. Quer procurar emprego mas sem horário fixo, chefe, nem tarefas que você não escolha fazer. Quer um trabalho com gestão horizontal mas não tem autonomia nem para organizar seu tempo de fazer exercício ou compras pra casa. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀


Tudo tem um preço e, no fundo, você sabe que não quer pagar o preço dessa vida ideal. E aí não se move, fica no mesmo lugar. E reclama, culpa os outros e acha que a vida é injusta com você, ou que você é incapaz, não tem talentos nem habilidades. ⠀


Te convido a sair do ideal e ir para o possível. O que é possível HOJE? ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀


Se a empresa que impacta milhares de pessoas não é possível hoje, seria possível impactar UMA pessoa e aprender com essa experiência? E amanhã impactar duas, e depois três? Seria possível ir pro campo aos finais de semana para experimentar uma vida mais simples? Que passo é possível dar hoje? Como prototipar essa vontade? Não me canso de te dizer isso: sai do ideal, vai pro possível!

Posts recentes

Ver tudo

A preciosidade da precisão

A confusão. Um ralo por onde vai a potência criativa. Não sei se quero isso ou aquilo. Como pode? Se eu sou uma, como posso querer coisas diferentes? Onde há impasse, há apego. Onde há apego, há desco

  • Facebook - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle